Um lugar para compartilharmos as coisas da família, cura interior e do cotidiano, sempre à Luz da Palavra de Deus.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

O TEMPO DE DEUS

Sempre no tempo de Deus

Há um conhecido ditado popular que diz:

O apressado come cru”.

Realidade pura e, se formos relacionar os exemplos, com absoluta certeza não caberia em uma página.

A ansiedade nos leva a sermos precipitados, e em algumas situações, comentários são tecidos, situações são criadas fora de hora, o que nos leva a um paredão e, quando menos esperamos, nos sentimos na obrigação de fazer algo apenas para satisfazer alguém, quando na realidade temos a firme convicção dada pelo Senhor, de somente agirmos no tempo d’Ele.

O Senhor diz em sua Palavra:

"TUDO tem o seu TEMPO determinado, e há TEMPO para TODO PROPOSITO debaixo do CEU.”

Não é melhor, então, acalmarmos o coração e continuarmos confiando no Senhor?

Vivemos dias de urgência, e nós os crentes em Jesus Cristo devemos como diz o apóstolo Paulo, correr a carreira que nos foi proposta, olhando para Jesus o autor e consumador da nossa fé, e não olhando para isso ou aquilo, ou mesmo ouvindo desse ou daquele.

Tenhamos nossa própria convicção, e para isso é necessário intimidade com Deus e assim saberemos discernir a Sua doce voz.

A presunção e a auto-afirmação levam a pessoa a trilhar caminhos errados que não são seus, dificultando assim todo um processo e retardando a benção de Deus. O pior é que por isso, muitos sofrem e são atingidos.

O tempo de Deus é sempre o melhor.

Com nossa visão limitada, dificultamos as coisas e passamos a sofrer e isso pode desencadear uma série de enfermidades, tanto no corpo como na alma, o que é ainda muito pior, pois uma alma ferida não só prejudica a ela mesma como a muitos. Hebreus12: 15.

Uma criança pode até nascer de sete meses, mas será necessário passar algum tempo na incubadora sob cuidados médicos, pois seus órgãos vitais ainda estão em formação. Se for encaminhada para casa sem ainda estar completamente pronta, ficará ainda mais debilitada e o processo será penoso, com grandes possibilidades de até mesmo chegar a óbito.

Assim pode acontecer com qualquer um que se precipite e tome o tempo em suas mãos.

Que Deus continue nos guardando e ajudando a viver no tempo d’Ele.

Fique na paz do Amado e até breve.
Sarah Virgínia

2 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Olá Sarah!
Parabéns pelo texto.
Fui abençoado com a leitura!
O tempo de Deus é um tema de inesgotáveis questionamentos.
É simplesmente uma questão de fé e esperança.
Acreditar mesmo sem nada ver.
Foi assim no passado, é assim hoje, sempre será assim.
Continuemos crendo que o tempo de Deus é o melhor.
Parabéns!
Beijos.
Carlos Roberto

Pb. Gilvan Paz disse...

Sarah, a Paz do Senhor!

Muito boa e oportuna sua postagem sobre o tema.
Realmente "inesgotável". E mesmo assim, muitos se sentem esgotados, cansados e desesperançosos com essa cruel realidade da conta que nunca fecha: Seu tempo é diferente do tempo de Deus... seu relógio e calendário funcionam de forma diferente do de Deus... Isso, mexe com a estrutura, balança, e em alguns momentos parece "desabar". Mexe com a psiquê das pessoas. Faz a distância desse tempo parecer maior... Que coisa difícil, não é mesmo?
Como disse o Pr. Carlos, é uma questão de fé!
Mas o mundo hoje, gira numa velocidade temporal e principalmente digital muito, muito rápido. As pessoas tem necessidades "já", "agora", são imediatistas. Há inclusive Cursos (tem gente ganhando dinheiro com o tempo ou falta disso dos outros, voce acredita? O nome dado é Gestão do Tempo), etc. Ufa! como conciliar tudo a esse tempo, o tempo de Deus?
Aí está a raiz da equação: Nós queremos que o tempo de Deus se encaixe nas nossas necessidades, quando o correto é o inverso...
Quando entendemos isso, as coisas vão se encaixando, acontecendo, fechando, e o sinal de igual apresenta um só resultado: a Benção! O resultado do agir de Deus no Seu tempo...em nossas vidas.

Deus a abençoe e nos "ensine a contar os nossos dias" -Sal 90:12 e com sabedoria saber aguardar o Seu tempo para todas as coisas...

Fraternalmente,
Gilvan Paz.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails